SOBRE O PROJETO

O projeto Jovem Protagonista nasceu com o propósito de convidar os jovens a assumir o protagonismo de suas próprias vidas e das comunidades onde vivem. A ideia surgiu após um encontro da presidente da Federação Ibero-Americana de Jovens Empresários (FIJE) com o Papa Francisco, ocorrido em 2014, em que ele mencionou a sua preocupação com a situação dos 75 milhões de jovens sem oportunidades existentes no mundo e conclamou os jovens empresários a buscar soluções para essa questão.

O projeto foi criado pela FIJE, em parceria com a Agência Mundial para as Relações Internacionais (Agência IR.wi) e conta com o apoio institucional da Secretaria Geral Ibero-Americana (SEGIB) e do Organismo Internacional de Juventude para Ibero-América (OIJ).

Em cerimônia realizada em fevereiro de 2017, na Espanha, foi premiado pelo Hispanic-American College (HAC) como o Melhor Projeto Colaborativo de 2016.

A área de atuação do projeto será a região ibero-americana, que tem um universo de 150 milhões de jovens capazes de impulsionar o desenvolvimento econômico, social e criativo de nossos países.

O projeto, que será completamente sem custos aos participantes, se baseia em três pilares: Motivação, Conhecimento e Oportunidade. As etapas serão realizadas com atividades virtuais e presenciais, dirigidas a jovens entre 16 e 29 anos da região Ibero-América.

 

SOBRE A REALIDADE DOS JOVENS

 

O projeto Jovem Protagonista começou trabalhando com a informação da Organização Internacional do Trabalho (OIT) de que existe um dado alarmante sobre a presença de 75 milhões de jovens que nem estudam e nem trabalham em todo o mundo.

No decorrer de nossas pesquisas, encontramos um dado ainda mais assustador apresentado pelo Banco Mundial: o número de jovens que não estudam e nem trabalham, na faixa de 15-24 anos, já está na casa dos 260 milhões em todo o mundo. O total de jovens ibero-americanos que não estudam e nem trabalham é de 30 milhões.

Outro dado desafiador surgiu quando separamos por gênero: o Banco Mundial estima que 66% dos jovens sem oportunidades sejam mulheres. Essas jovens, apesar de não estarem em um emprego formal, estão se dedicando à maternidade ou a serviços domésticos, o que as impede de encontrar uma atividade remunerada.

Esse público que nem estuda e nem trabalha é comumente conhecido pela sigla "Nem-Nem". Entretanto, o projeto Jovem Protagonista optou por redefinir o nome desse grupo para “Jovens em busca de oportunidades”, para enxergá-lo de maneira positiva, e não por aquilo que eles não são ou não têm.

QUEM REALIZA?

O projeto Jovem Protagonista é uma iniciativa da Federação Ibero-Americana de Jovens Empresários – FIJE, em parceria com a Agência Mundial para as Relações Internacionais – Agência IR.wi.

SOBRE A FIJE

Fundada como uma organização sem fins lucrativos e com o objetivo principal de buscar o desenvolvimento econômico com responsabilidade social e ambiental, a FIJE se baseia em três pilares fundamentais que levam em conta as necessidades coletivas:

SOBRE A AGÊNCIA IR.WI

A Agência do Instituto Mundial para as Relações Internacionais - Agência IR.wi é uma instituição sem fins lucrativos, classificada como Organização de Sociedade Civil de Interesse Público - OSCIP e tem em seus objetivos o desenvolvimento de projetos na área cultural, educacional, social e esportiva, com o apoio de instituições nacionais e internacionais.